Curiosidade sobre cegos
Figuras simbolizando pessoas com deficiência visual

Deficiente visual de Valparaíso de Goiás reúne títulos nacionais em campeonatos de xadrez

Postado em 23 de Julho de 2018

Por Jairo

Deficiente visual de Valparaíso de Goiás reúne títulos nacionais em campeonatos de xadrez

O professor aposentado Leonardo de Faria Junqueira, que é deficiente visual, coleciona medalhas e troféus que ele já ganhou de campeonatos nacionais de xadrez, em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Ele é campeão do campeonato brasiliense há quatro anos consecutivos. Agora, se prepara para a próxima competição.

Em entrevista à TV Anhanguera, ele disse que participa de competições em Brasília porque não tem a modalidade na cidade em que mora. “O xadrez me fez ver que eu posso disputar e posso interagir com outras pessoas que enxergam, de igual para igual. O xadrez, para mim, foi uma libertação”.

“Depois que eu comecei a jogar xadrez eu viajo o Brasil inteiro, é um sonho. Então ele me deu esta liberdade, esta vontade e viver”, disse o professor.

Leonardo tem uma doença genética chamada de retinose pigmentar, também conhecida como retinite pigmentosa. Para jogar xadrez, ele utiliza um tabuleiro feito de forma artesanal, com pinos de encaixe. Ele perdeu a visão completa em 2014 e, desde então, se dedica ao esporte. São quatro anos como Pentacampeão Brasileiro de Xadrez para deficiente visual.

Em novembro de 2016, pesquisadores do Instituto Salk, na Califórnia, conseguiram recuperar parcialmente a visão de ratos com a doença. Mas a recuperação ainda não foi confirmada em seres humanos.

 

Leonardo de Faria Junqueira é pentacampeão brasiliense de xadrez, em Goiás (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)

 

Tabuleiro de xadrez adaptado, em Goiás (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)


Publicado em deficiente visual - Google Notícias

243 Visualizações

Menu do Ecolabore Portal